29 de maio de 2010

Reportagem dos Exploradores ao Alviela - passeio de bike pela não violência



Olá amigos!
No passado dia 1 de Maio o grupo dos Exploradores da Louriceira concluiu a etapa da revisão de vida, o AGIR. Esta etapa foi a conclusão do tema a VIOLÊNCIA e constituiu na realização de um passeio de bicicleta até aos Olhos d'Água. Ao longo da viagem fomos lendo algumas frases sobre o tema que estavam espalhadas pelo caminho. Quando chegámos aos Olhos d'àgua visitamos as gruta e depois fizemos um almoço partilhado. no final e antes do regresso dividimo-nos em grupos e participamos num Peddy.Paper sobre a não violência.


No primeiro posto fizemos um jogo de equipa, no segundo analisámos na Convenção dos Direitos da Criança os artigos que abordavam o tema da violência e escrevemos os respectivos deveres, no seguinte posto tivemos de criar uma peça de teatro com base num teto biblico em que Jesus fala da não violência. Jesus diz: "Amai os vossos inimigos, fazei bem aos que vos odeiam, abençoai os que vos amaldiçoam, rezai pelos que vos caluniam. a quem te bater numa das faces, oferece-lhe também a outra; e a quem te levar a capa, não impeças de levar tamvbém a túnica" Lc 6,28.29. no seguinte posto participamos num jogo de união, no quinto posto foi-nos dado um texto sobre bulling a partir do qual criámos uma música onde alertávamos para a necessidade de paz. no último posto comprometemo-nos a tomar uma atitude de não-violência, fazendo um compromisso de grupo. Regressámos à Louriceira de bicicleta! Foi muito divertido!


Marta Gomes (Trevos- Louriceira)

10 de abril de 2010

Passeio de bicicleta ao Alviela dia 1 de Maio

Olá, somos os exploradores do Maac da Louriceira !!!!!!!!


E estamos a convida- vos a um passeio de bicicleta no dia 1 de Maio ao Alviela pela não violencia.

Inscreve-te enviando um e-mail para:
maac_louriceira@hotmail.com
com o teu nome, morada e contacto.




NÓS TAMBEM TEMOS OPINIÃO:

A VIOLÊNCIA NÃO TEM RAZÃO!!!





video

18 de agosto de 2009

Acampamento Interdiocesano 2009



“Conhecer o importante e o essencial da VIDA para descobrir os VALORES”

As dioceses de Aveiro, Lisboa e Santarém do MAAC, Movimento de Apostolado de Adolescentes e Crianças, reuniram-se em Vouzela para reflectirem sobre a importância da vida e a crise de valores.

Entre os dias 8 e 12 de Agosto cerca de 100 pessoas, aproximadamente 80 crianças e adolescentes e os restantes eram acompanhantes reuniram-se no parque de campismo de Vouzela para acampar, descobrir valores e conhecer outros amigos da família MAAC.
O primeiro dia foi dedicado à montagem das tendas, da cozinha e de tudo o necessário para viver durante 5 dias naquele local. Foi neste dia que existiu a apresentação, a definição de regras e divisão de grupos de trabalho.
No segundo dia foi tempo para assentar ideias. Os trabalhos de grupo neste dia foram dedicados à primeira etapa do método da revisão de vida: o Ver. Neste dia a proposta foi decifrar quem eram as “pedras grandes” da nossa vida, ou seja, aquilo que é o mais importante na vida. Quase a totalidade das crianças e adolescentes disseram ser a família a “pedra grande” das suas vidas. Analisaram também as pedras médias e pequenas da vida, assim como as dificuldades e sonhos, que na dinâmica forma representados, respectivamente pela areia e pela semente. Um dos aspectos sob análise neste dia foi o que mais custava aceitar, ou seja todas as dificuldades que se colocam na vida: a crise. Muitos disseram que o mais difícil de aceitar era as injustiças do mundo: fome, desemprego, famílias destroçadas e a violência. Outro dos pontos sob análise foi aquilo que os ajudava (às crianças e adolescentes) nos momentos mais tristes. Eles referiram a importância da família e da presença de Jesus nestas ocasiões como forma de superar as “crises”.
O terceiro dia foi dedicado à reflexão das conclusões do dia anterior, o Julgar, segunda etapa da revisão de vida. Através de várias frases de pensadores e de Jesus Cristo definiram quais eram as pedras grandes, ou seja o verdadeiramente essencial, quais as pedras médias, isto é, o que é importante e também o que nos ajuda nas dificuldades, representado pelas ondas. Com esta reflexão as crianças e adolescentes concluíram que “as pedras grandes não serão derrubadas pelo mar”, ou seja, que se tivermos valores fortes que rejam a vida, as dificuldades não os derrubarão.
No quarto dia foi o momento de transformar, ou seja o Agir, a terceira etapa. Neste dia as crianças e adolescentes tiveram a oportunidade de fazer o seu compromisso, de assumirem o que melhorariam na vida. Estes propósitos foram escritos em balões que durante a tarde foram distribuídos pelos campistas que estavam no parque. São exemplos de compromissos das crianças e adolescentes o ser mais arrumado, o melhorar as relações com a família, o ser mais carinhoso, o melhorar o comportamento e o dar mais amor.
O último dia foi o ponto alto onde se pôde participar da Eucaristia, a fonte dos valores, o momento onde se consolidou todo o acampamento e se pôde dar graças a Deus por toda a amizade vivida durante aqueles 5 dias. Esta foi presidida pelo Assistente Nacional do MAAC, o Pe Emanuel Valadão Vaz.
Ao longo dos 5 dias houve tempo para os banhos na piscina, onde se viveram momentos de diversão entre todo o grupo, houve também a possibilidade de ocupar o tempo livre com workshops, artMAAC, como a capoeira, as artes plásticas, o salto de corda, o desporto, o ambiente, a culinária e muitos outros. A distribuição das refeições, carinhosamente preparadas por dois simpáticos cozinheiros voluntários, ficava sempre a cargo dos grupos onde estes podiam experimentar o serviço. As noites eram sempre muito animadas, com momentos de alegria e partilha. Todos os dias eram iniciados com uma oração da manhã preparada pelos grupos de vários locais assim como todos os dias erram encerrados com uma oração da noite.
Foram 5 dias muito fortes, vividos nesta grande família onde se conheceu o importante e o essencial da vida para que assim se possam descobrir os verdadeiros valores.

O Grupo de Trabalho do Acampamento MAAC

7 de abril de 2009

Encontro Nacional de Crianças e Adolescentes



Com Valores, um Mundo de Mil Cores !


O MAAC, movimento nacional de adolescentes e crianças organizou ontem, dia 5 de Abril, no Seminário Maior em Coimbra, um Encontro Nacional de Crianças e Adolescentes com aproximadamente 200 participantes. Estiveram presentes as dioceses de Angra, Aveiro, Braga, Coimbra, Funchal, Lisboa, Porto, Santarém e Setúbal. Foi um Encontro que vem na continuação da reflexão que se vem fazendo nas Dioceses sobre o lema “Com valores, um Mundo de mil cores!”.
Da parte da manhã foi a recepção e apresentações por meio de um puzzle pintado por cada diocese. De seguida houve a celebração muito participada e animada pelas crianças e adolescentes e celebrada pelo assistente nacional, Pe Emanuel Valadão.
Da parte da tarde as crianças e adolescentes participaram num peddy-paper.
Definiram o que é o MAAC, que é “onde aprendemos mais do que brincamos”, é “ter muitos amigos, é alegria e celebrar”, “…ajuda-nos a conviver e a conhecer Jesus”, “O MAAC é muito divertido”.
Reflectiram e descobriram alguns valores, como a paz, perdão, o amor, a união, a alegria, amizade… e se comprometeram a transmitir às outras crianças e adolescentes que é necessário respeitar as diferenças, apoiar quem precisa, partilhar as nossas coisas e ideais, apoiar instituições, ter paciência, respeitar a natureza e não ser invejosos. E como disse um participante, “neste dia especial aprendemos muitas coisas que orientam nossa vida.”
No dia, 4 de Abril, os delegados, dois por diocese, estiveram também reunidos no Seminário Maior em Coimbra, para continuaram a reflexão do Encontro de Delegados realizado no passado dia 7 de Fevereiro sobre os valores, onde tiram a prepararam um filme sobre os valores para apresentar hoje no Encontro Nacional de Crianças e Adolescentes. Também confrontaram os valores que nós vivemos e o que Jesus viveu no seu tempo.
Dois Encontros que foram mais um passo na caminhada do MAAC, como Movimento de Apostolado de Adolescentes e Crianças.


José Carlos Antunes – Coordenador Nacional







14 de março de 2009

ENCA- Encontro Nacional de Crianças e Adolescentes

COM VALORES UM MUNDO DE MIL CORES

Vai realizar-se no próximo dia 5 de Abril o Grande Encontro Nacional em Coimbra! Vai contar com a participação de 9 Diocese.


O programa será o seguinte:

10:00h - Acolhimento
10:30h - Apresentação
11:00h - Festa da Alegria!
12:00h - Almoço partilhado
13:30h - Tarde divertida!
17:00h - Despedida!



Preparação do ENCA

O Filipe, dos Trevos foi dia 13 de Março à reunião de preparação do Encontro Nacional de Adolescentes e Crianças do MAAC ajudar a transmitir as ideias dos adolescentes.

3 de fevereiro de 2009

END


No dia 7 de Fevereiro decorrerá em Coimbra o Encontro Nacional de Delegados.


Nele participarão duas crianças e uma adolescentes da Louriceira:

Bárbara - delegada dos Luminosos

Maria Gomes - delegada dos Exploradores

Marta - delegada dos Trevos


Programa:
10:00 ∙ Acolhimento
10:30 ∙ Oração
10:45 ∙ Início dos trabalhos forçados
13:00 ∙ Almoço partilhado
14:00 ∙ Recomeço dos trabalhos
15:30 ∙ Intervalo
15:45 ∙ Ao trabalho novamente….!!!
16:30 ∙ Avaliação
16:45 ∙ Envio
17:00 ∙ Encerramento

ENFA

No proximo dia 7 de Fevereiro acontecerá o Encontro Nacional de Formação de Acompanhantes em Coimbra que irá contar com a perticipação de 4 acompanhantes da Louriceira!

Programa:
10:00 ∙ Acolhimento
10:30 ∙ Oração
10:45 ∙ Início dos trabalhos
11:30 ∙ Intervalo
11:45 ∙ Recomeço dos trabalhos
13:00 ∙ Almoço partilhado
14:00 ∙ Testemunhos
15:30 ∙ Intervalo
15:45 ∙ Recomeço trabalhos
16:30 ∙ Avaliação
16:45 ∙ Envio
17:00 ∙ Encerramento

23 de janeiro de 2009

Janeiras

dias 9 e 10 de Janeiro, em conjunto com os escuteiros do agrupamento 867 de Alcanena cantamos as Janeiras pela vila de Alcanena.
No dia 11 cantamos as Janeiras na Louriceira.

3º Aniversário MAAC 01-10-08

Celebramos o 3º aniversário do grupo da Louriceira ajudando na animação da celebração dominical da nossa paróquia. Também organizamos um almoço para toda a comunidade!

19 de agosto de 2008

Visita ao quiosque dos Estrelas em Assentis











"Um local aprezivel optimo para passar uns momentos, e desfrutar do que melhor se faz reciclando .
Temos para lhe oferecer um leque variado de produtos, que todos eles tem um ponto em comum, sao reciclados!
Temos desde sacos feitos de sacos do Cafe Delta, por exemplo..
Ate carteiras feitas com um simples pacote de Leite Mimosa. Passando tambem por aventais , e carteiras para documentos ! Entre muitas outras coisas ! Venha e descubra, o melhor que se faz ... Reciclando" Estrelas
Localização:
Casais de Igreja , ao lado da Estrada Nacional 349 , que liga Torres Novas a Ourém. Perto do Cafe Zeca , Cafe Rafa e da Farmacia !

18 de agosto de 2008

Acampamento Interdiocesano "Cuida do Ambiente, ajuda muita gente!"









































































































Foi em Serpins, entre 4 e 8 de Agosto de 2008. Partciparam 100 pessoas dos quais cerca de 80 eram crianças e adolescentes das dioceses de Coimbra, Lisboa e Santarém.

Encontro >=15











Neste encontro os adolescentes com 15 anos ou mais foram convidados a reflectir sobre a sua caminhada do MAAc que está na recta final e no proximo passo da sua caminhada enquanto jovens. Foi nos dias 5 e 6 de Julho de 2008 que este aconteceu na Golegã, na casa do Graal. Participaram cerca de 20 adolescentes da diocese de Santarém.




Limpeza da salinha







Trevos

Celebração do dia do MIDADE




Foi no dia 22 de Junho, em Assentis que celebramos com a diocese de Santarém o dia do MIDADE. Comemoramos em Assentis com um peddy-paper.


VER (semana de 30 de Junho a 10 de Julho) Trevos

"07-10 de Julho de 20


No ambito do tema Direitos Humanos que nós, os Trevos, temos vindo a desenvolver, participámos numa semana dedicada a temas escolhidos por nós como: a descriminação, o terrorismo entre outros. Desde o inicio do ano que temos vindo a desenvolver pesquisas e trabalhos relacionados com esta etapa da Revisão de Vida, mas durante estes dias dedicámo-nos inteiramente ao VER.








O Terrorismo e Guantanamo: tivemos oportunidade de visualizar o filme "Um coração poderoso", que retrata o desespero de uma jornalista grávida ao saber que o seu marido, também ele jornalista, tinha sido raptado por terrorista; visualizámos também um documentário sobre a mais polémica prisão de todos os tempos: a prisão de Guantanamo, uma prisão para supostos terroristas.






Darfur e a situação dos refugiados: visualizámos o filme "As tartarugas também voam", um filme protagonizado por crianças refugiadas na fronteira entre a Turquia e o Iraque; visualizámos um documentário realizado pela Odisseia chamado "Apelo à consciencia-Darfur", que retrata a vida dos refugiados em Darfur; visitámos sitios de organizações que lutam pelo fim do genocídio em Darfur e jogámos um jogo que pertende alertar para a situação de Darfur, nesse jogo temos de ir buscar àgua a um poço antes de sermos apanhados ou organizar um acampamento de refugiados.
Violação dos direitos das mulheres: analisámos informação de situações deste caso.






Discriminação: combinámos encontrarmo-nos às nove da noite perto da sala do Maac para irmos ao Olhos de Água, fazer o quê? Só a acompanhante sabia. Disseram-nos apenas que iamos que conhecer um grupo de jovens que muitas das vezes é descriminado e estava a fazer uma visita de alguns dias aos Olhos de Água. A decisão de não sabermos com o que nos iriamos deparar surgiu porque quando falámos de descrimação todo o grupo disse que não descriminava, no entanto ao confrontarmo-nos com jovens diferentes houve um certo receio. Durante a viagem até aos Olhos de Água muitas suposições surgiram: seria um grupo de deficientes ou de jovens com diferente orientação sexual? Estas duas pareciam ser as hipoteses mais apontadas.
Ao chegarmos deparámo-nos com um grupo de 10 jovens muito felizes, movimentavam-se em cadeiras de rodas, pois tinham paralesia cerebral. O espanto era visível nos rostos de cada elemento do grupo, apesar de esta ter sido uma hipotese considera pelo grupo. Em conjunto com o grupo de pioneiros do Agrupamento 867-Alcanena, com os 10 jovens e os seus monitores passámos uma noite bem animada onde cantámos acompanhados por violas. Na ultima noite que o grupo passou nos olhos de Água também os visitamos, desta vez visualizámos um Power Point com fotos dos dias anteriores e seguiu-se karaoke." Trevos